Be Good

Loading...

quinta-feira, 3 de abril de 2008

CADEIA CÍCLICA

(escrevi em 1997)


É essa noite que me envolve que me assusta.

É esse medo incontrolável que me cala.

É esse silêncio inexorável que me imobiliza.

É essa inércia irracional que a tudo escurece.

É essa noite que me envolve que me assusta.



.

(sem nome)

(escrevi em 1995)


Meu desejo lírico

Teu beijo clínico

Meu protesto tímido

Teu retorno áspero

Meu pedido último

Teu carinho bélico

Meu silêncio úmido


.

INVENTÁRIO

(escrito em 1994)

Ilusões antigas,
Um coração quebrado,
Sobras de esquecimentos,
Vontades e quereres,
Um monte te quases...

Canções incompletas,
UM velho desejo,
Segredos incontáveis,
Fantasias, planos...
E Planos...

Muitas esperanças,
Algumas alegrias,
Uma pequena saudade,
Poucos amores,
Outro monte de quases...

Vazios imensos,
Pedaços de sonhos,
Decepções variadas,
Poucos inimigos
E nenhum...
Nenhum amigo de verdade...


.