Be Good

Loading...

terça-feira, 17 de março de 2009

EQUILÍBRIO

Cecília Meireles

No mistério do sem-fim
equilibra-se um planeta.
E, no planeta, um jardim,
e, no jardim, um canteiro;
no canteiro uma violeta,
e, sobre ela, o dia inteiro,
entre o planeta e o sem-fim,
a asa de uma borboleta.



.

2 comentários:

Cesar Cruz disse...

Cecília Meireles é a poetisa da minha infância. Muito belo.

abç
Cesar

~.~Dany~.~ disse...

Cecília Meireles escreve graciosamente bem, sua leitura é leve.

Simplesmente maravilhoso!

Bjkinhas!