Be Good

Loading...

segunda-feira, 11 de junho de 2007

Meus 38 Anos

Gosto de meus aniversários.

Não pela festa.

Não sou muito chegado à festas de aniversário pra mim.

Normalmente tento escapar. Não falo a respeito, finjo que esqueci, desconverso, marco compromissos “inadiáveis”, mas pelo menos um jantar com minha esposa, pais e irmãos acaba acontecendo.

O que gosto em meus aniversários é algo que comecei a fazer aos 28 anos.

É um segredinho que hoje, 10 anos depois da primeira vez, decidi tornar público.

No dia do meu aniversário eu separo um tempinho e faço uma lista com o nome das pessoas que de alguma maneira me ajudaram, me inspiraram, me deram força... ou seja, pessoas importantes pra mim... pessoas que desde que consigo me lembrar, de alguma forma me ajudaram a construir quem eu sou hoje. São amigos, parentes, colegas, professores, alunos, conhecidos e até gente que nem me conhece, mas que de algum modo tocou de forma significativa na minha vida.

Gente que com uma história, uma palavra, um gesto ou um olhar me ajudou a ser um pouco melhor...

Depois de fazer a lista, em segredo faço uma oração e agradeço a Deus por todos eles, por suas vidas, pelos ensinamentos e ainda peço a Deus que acompanhe cada um deles. Leio os nomes diversas vezes e me lembro de como cada um foi ou é importante para mim e peço a presença e a benção de Deus na vida deles.

Este ano resolvi fazer diferente.

Não pretendo divulgar esta a lista.

Pretendo pedir menos...

Por todo o resto de minha vida, quero me aproximar de quem ainda posso... chegar mais pertinho e, sem fazer barulho, quero ser para estas pessoas tudo aquilo que sempre pedi a Deus que lhes enviasse.

Este ano a oração vai ser bem diferente:“Senhor, me ajuda a ser uma benção na vida dessas pessoas a quem eu tanto devo. Em nome de Jesus, Amém”

São Paulo, 12 de Maio de 2007.

Nenhum comentário: