Be Good

Loading...

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Tempos, Sonhos e Acordes

na madrugada do dia 09/02/2011

Toda noite tenho um sonho.
Acordo, relutando a lutar
Vou vivendo, vou levando...

Todo dia vivo um sonho.
Acordes, ensaiando ensaiar.
Vou vivendo, vou levando...

A cor da noite me inspira
Acordes vivos me embalam
Sonho acordado com o próximo tempo
Outros sons, nossos momentos...

Vou no tempo, vôo no sonho.
Vôo no tempo, vou no sonho.

Toda noite tenho um sonho.
A corda não rompe por nada
Acordo suado, zoado, não durmo.

Todo dia vivo um sonho.
A cor do silêncio que toca
Que pinta sem retocar

Vou no tempo, vôo no sonho.
Vôo no tempo, vou no sonho.

2 comentários:

CESAR CRUZ disse...

Bonito poema, G.! Vc deveria escrevê-los mais.

Bem, se vc não consegue dormir, vou te dizer: deve ser o calorão que anda fazendo! ahaha

abço
Cesar

Léo Bosso disse...

A velocidade do tempo e do sonho variam dependendo da intensidade! Muito bom! Também escrevo sobre abstrações, sonhos, tempo, poesias, passe pra dar uma conferida!